A Praça Oswaldo Cruz já vem sofrendo modificações na atual gestão da Prefeitura. Já foram retirados os food trucks e há um empenho e trabalho conjunto de zeladoria das Prefeituras Regionais da Sé e da Vila Mariana em retirar os moradores de rua que a ocupam.

Ambos os problemas duramente combatidos pela Raphaela Galletti que está a frente do Movimento dos Moradores da Avenida Paulista.

Agora a praça vai passar por obras de revitalização que preveem troca do piso e paisagismo.

O valor total da revitalização está estimado em R$ 440 mil e previsão de 7 meses de duração. Na região da regional Sé, atualmente, são 13 praças e áreas ajardinadas que contam com termos de cooperação vigentes.

Proposto pela Japan House São Paulo, o projeto de revitalização foi idealizado pelo arquiteto japonês Kengo Kuma, que assina a arquitetura do centro cultural da Avenida Paulista. Kuma é responsável ainda por outros projetos pelo mundo, como o Estádio Olímpico de Tóquio para as Olimpíadas de 2020.

A revitalização prevê a substituição de 1.800 metros quadrados do piso existente por pré-moldado branco, para isso, as grades, muretas e bancos existentes deverão ser reposicionados. “A cidade, em especial frequentadores e moradores da Paulista, vão ganhar com a nova praça que vai ficar espetacular, mais segura e iluminada”, afirma o prefeito regional da Sé, Eduardo Odloak.

Já Angela Hirata, Presidente da Japan House São Paulo, declara: “Esta parceria amplia para o espaço público a nossa proposta de apresentar o Japão contemporâneo. A praça Oswaldo Cruz ganhará intervenção de um dos principais arquitetos japoneses, trazendo a atmosfera interna da Japan House São Paulo para a rua.”

Haverá o plantio de duas cerejeiras adultas. A banca de jornal, instalada no local será reposicionada. O espaço ganhará ainda uma base expositiva para esculturas rotativas.

O termo de parceria com a Japan House São Paulo foi publicado no Diário Oficial da Cidade no último dia 6, e tem vigência de 36 meses.

Como já divulgado anteriormente aqui no portal, a Japan House São Paulo é uma instituição dedicada a mostrar o melhor do Japão do século 21. Inaugurada em maio, foi a primeira a abrir as portas no mundo.

Outras duas unidades serão inauguradas posteriormente, em Londres e Los Angeles.

Desde sua abertura, o público brasileiro vem sendo convidado a ter uma experiência genuína e única dos modos de viver do Japão contemporâneo. Promove, em seus três andares, exposições, seminários, workshops e atividades que trazem ao Brasil os mais relevantes criadores e empreendedores japoneses da atualidade nas artes, no design, na moda, na gastronomia, na ciência e na tecnologia. 

Agradecemos a contribuição da assessoria de imprensa da Prefeitura Regional da Sé neste texto.

 

Marco Antonio Jordão Magalhães

Publisher


Foto: Fernanda Magalhães 

Marco Antonio Jordão Magalhães, 

paulistano, empreendedor e empresário, possui MBA pela Michigan University na Michigan Ross School of Business. Sua carreira de mais de 30 anos é divida em duas fases, como colaborador premiado na área de marketing em multinacionais automobilísticas e como empreendedor conduzindo ideias, inspirando clientes e dirigindo uma equipe global de web e marketing. Mora em São Paulo e ama a Avenida Paulista, onde aplica parte dos serviços de integração digital, social e design que fazem a diferença para seus clientes em New York, San Francisco, Toronto, Londres, Buenos Aires e São Paulo.